©2016 por Nassau & Queiroz Advocacia. 

Em decisão monocrática em Agravo de Instrumento, foi proferida decisão pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais, na qual se autorizou a produção antecipada de provas, em candidato eliminado na fase de exame psicológico para ingresso na carreira de soldado da Polícia Militar do Estado de Minas Gerais. 

Diante das dúvidas quanto aos métodos aplicados pela banca de concurso, autorizou-se que o candidato fizesse o exame psicológico imediatamente, com a finalidade de apurar sua real condição psicológica para ingresso na corporação. 

Conforme consta da decisão:

“Também deve ser assegurado ao Agravante o direito à produção antecipada de provas, haja vista que, e...

Please reload